Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
Galeria


Junho 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
14 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 14 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

O papel formativo dos media

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O papel formativo dos media

Mensagem por Admin em Ter Mar 14, 2017 12:00 pm

Um sinal dos tempos é vermos altos cargos de responsabilidade política e mediática que manipulam a verdade e a mentira como se fossem equivalentes.

Já bastava que muitas das situações e acontecimentos do nosso agitado mundo fossem inquietantes e complexas quanto baste. Em cima disso, como causa e/ou consequência, ainda tinha de eclodir o fenómeno da multiplicação (ou, pelo menos visibilidade) das notícias falsas ou parciais, dos factos alternativos, das meias-verdades marteladas por fazedores de opinião.

Um sinal dos tempos é vermos altos cargos de responsabilidade política e mediática que manipulam a verdade e a mentira como se fossem equivalentes, e segmentos importantes de eleitorados que, conscientemente ou não, apoiam e propagam o que vai de encontro à sua visão do mundo, sem cuidarem da sua consistência.

Há naturalmente efeitos perversos de um tal clima de vale-tudo e relativismo, que precisa de ser enfrentado, compreendido e combatido. Um ponto positivo que se tem vindo a salientar em algumas sociedades é, justamente, o debate e a tomada de iniciativas que ajudem as pessoas, desde a escolaridade básica, a adquirir critérios e instrumentos sólidos de orientação. Naquilo que se fizer é, porém, preciso ir além da “caça às notícias falsas”, facilmente convertível numa espécie de folclórica “caça ao tesouro”, que não permite abrir os olhos para a variedade de formas de mentir e manipular e, menos ainda, para a leitura crítica dos acontecimentos da actualidade.

A iniciativa deve caber a quem tem o papel de formar – famílias, professores, animadores, bibliotecários, editores de conteúdos. Mas não pode prescindir do contributo dos profissionais do jornalismo e dos media. E, aqui, permita-se que refira um pequeno sinal: quando os jornalistas portugueses se reuniram em congresso, em meados de Janeiro último, uma das conclusões gerais que aprovaram, apenas com uma abstenção, foi a “urgência” da “promoção da literacia mediática, com iniciativas no domínio da educação pré-universitária e da população em geral". E, no capítulo das moções sectoriais, aprovaram igualmente, por larga maioria, o pedido, a fazer às instâncias políticas, para que, além de uma disciplina de educação para os media a oferecer pelas escolas, as in

13 mar, 2017
MANUEL PINTO
Rádio Renascença

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum