Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

O bom exemplo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O bom exemplo

Mensagem por Admin em Ter Mar 14, 2017 12:05 pm

Lisboa ou Porto conhecerão as ameaças do excesso e da insatisfação de quem as procura.

Amanhã arranca a mais importante feira de turismo nacional: a BTL, Bolsa de Turismo de Lisboa. O facto merece saliência num momento particularmente desafiante para o setor. O turismo lusitano está em alta, por muito bons motivos, mas coloca também novos reptos e exigências. 

Portugal tem batido sucessivos recordes de dormidas, está a gerar muitos empregos (que explicam o recuo do desemprego) e a sustentar a quebra do ritmo das exportações de bens na balança comercial. Mas constatar factos — e celebrá-los — é muito poucochinho. Chegará o momento em que os principais destinos do País estarão a bater com a cabeça no teto das suas capacidades. A rebentar pelas costuras, cidades como Lisboa ou Porto conhecerão as ameaças do excesso e da insatisfação de quem os procura — e o País precisará de oferecer novas respostas se quiser defender a galinha dos ovos de ouro. Ignorar o precipício e acelerar nunca foi bom conselho. 

Espera-se que a estratégia que o Governo irá revelar para o setor amanhã seja feita mais de bom senso e sentido nacional do que de modas e ilusões. 

A sustentabilidade do crescimento turístico, num quadro de qualidade, reclama novas apostas e diversidade. Em poucas palavras, destinos alternativos e complementares de excelência. Que, infelizmente, tardam. As cidades médias - como Viseu, que este ano será a ‘1ª Cidade Nacional Convidada da BTL’ - são uma resposta a este desafio nacional. 

A organização da BTL, a cargo da Fundação AIP, revelou sentido estratégico e visão nacional ao valorizar nesta edição o papel das cidades e de destinos regionais emergentes. Ao criar em 2017 o estatuto de ‘Cidade Nacional Convidada’, a BTL reabre um espaço de visibilidade e reputação para ‘novos’ territórios - mesmo que se tratem de cidades com 2500 anos, como é Viseu. Que Governo e Turismo de Portugal se inspirem neste bom exemplo é o meu voto.

Por Almeida Henriques|00:30
Presidente da Câmara Municipal de Viseu 
Correio da Manhã

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum