Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Europa lançou mais um satélite do programa «Copernicus»

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Europa lançou mais um satélite do programa «Copernicus»

Mensagem por Admin em Ter Mar 14, 2017 12:30 pm


Novo satélite reduz tempo de fornecimento de dados para metade

No passado dia 7 de Março foi lançado do centro espacial de Kouru, na Guiana Francesa, o satélite Sentinel-2B, desenvolvido pela Agência Espacial Europeia (European Space Agency, ou ESA), no âmbito do programa europeu de monitorização ambiental da Terra «Copernicus».

O satélite agora lançado junta-se ao seu irmão gémeo Sentinel-2A, lançado em Junho de 2015, concluindo a missão Sentinel-2, que permitirá “reduzir para metade o tempo necessário para fornecer dados de precisão relativos ao uso do solo em benefício de agricultores, construtores, pescadores e todos os que necessitam de acesso rápido a dados actualizados sobre as condições no terreno”, refere a Comissão Europeia (CE).

Embora lançados separadamente, os dois satélites ocupam a mesma órbita e a cada cinco dias cobrem em conjunto todas as superfícies terrestres, grandes ilhas e águas costeiras e interiores, entre as latitudes 84ºSul e 84ºNorte. Cada um dos satélites transporta uma câmara multi-espectral de alta resolução com 13 bandas espectrais, cuja combinação permite abranger um campo de visão de 290 quilómetros.

O «Copernicus» é o programa europeu para a Observação da Terra e foi criado pelo Regulamento 377/2014 do Parlamento Europeu e do Concelho. É a continuação programa GMES (Global Monitoring for Environment and Security) e baseia-se numa parceria entre a UE, a ESA e os Estados-Membros. Toda a informação que gera apoia aplicações em matéria de ambiente, gestão de áreas urbanas, planeamento regional e local, agricultura, silvicultura, pescas, saúde, transportes, alterações climáticas, desenvolvimento sustentável, protecção civil e turismo, e é distribuída “com base numa política de acesso aberto e sem custos”, esclarece a Direcção-Geral de Política do Mar.

Jornal da Economia do Mar

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum