Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Ministra do Mar reafirma ambição de ter «mais 80% de carga geral e 200% nos contentores» e explica como!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ministra do Mar reafirma ambição de ter «mais 80% de carga geral e 200% nos contentores» e explica como!

Mensagem por Admin em Qui Mar 23, 2017 11:32 am


Em declarações prestadas à RTP, a Ministra do Mar abordou o tema da acessibilidade e das infra-estruturas de ligação com o exterior, não deixando de lado o tópico da eficiência do procedimentos, rumo a uma maior transparência da cadeia logística, até se atingir o grande objectivo estutural: «mais 80% em carga geral e mais 200% em matéria de contentores», vincou Ana Paula Vitorino, no passado dia 20.

Questionada pelo jornalista João Ramos sobre a materialização da ligação com o centro da Europa por via ferroviária, Ana Paula Vitorino respondeu: «Essas ligações vão mesmo para a frente, mas demorarão porventura um pouco mais do que aquilo que podemos fazer desde já», adiantou, explicando que «boa parte dessas ligações podem ser feitas por via marítima, ou seja, fazemos transporte marítimo de curta distância, e uma coisa são as grandes ligações internacionais, que chegarão a Sines, Leixões e Lisboa, e depois disso poderemos fazer a distribuição, com navios mais pequenos, dos nossos portos, para os portos europeus, e vice-versa».

Como pontos de referência do futuro próximo, a Ministra realçou o nível de eficiência da cadeia, e a digitalização administrativa: «Temos de ter uma maior eficiência, não só do ponto de vista dos equipamentos e terminais, mas também do ponto de vista dos procedimentos administrativos. Um dos projectos âncora de todo este processo vai ser passar da JUP para a JUL - uma lógica de balcão único em que tudo se processa através da via informática, com suporte digital», afirmou.

Ou seja, o que agora é feito entre os portos e os armadores, passará a ser feito «também com os operadores logísticos, com os transportadores de carga, para que tudo se possa passar com mais eficiência», explicou Ana Paula Vitorino. «Tudo pode ser tão transparente e seguro», afirmou, concordando com a deixa do 'pivot' João Ramos de Portugal «deixar a era do carimbo». Com «melhores equipamentos, melhores terminais, simplificação administrativa, transformação digital nos portos, e se também juntarmos a isso maior eficiência nas ligações de e para fora do país, nós atingiremos aquilo que pretendemos: mais 80% em carga geral e mais 200% em matéria de contentores», rematou.

23/03/2017
CARGO Edições,Lda © 2017

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum