Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Outubro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Quem não é por mim...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quem não é por mim...

Mensagem por Admin em Seg Mar 27, 2017 11:11 am

Como dizia Bertolt Brecht, num dos seus poemas: "Primeiro levaram os negros/mas não me importei com isso/eu não era negro/Em seguida levaram alguns operários/Mas não me importei com isso/Eu também não era operário (...) Agora estão me levando/mas já é tarde/Como eu não me importei com ninguém/Ninguém se importa comigo".

Não posso, assim, ficar calado perante as críticas de Rui Moreira ao JN.

Rui Moreira tem todo o direito de discordar de artigos, reportagens, opiniões, pessoas. A Democracia é assim mesmo, feita de discordâncias. Não tem é o direito de utilizar dinheiros públicos e órgãos de comunicação institucionais (como é o site da Câmara) para "atacar" aqueles que não pensam como ele.

E o ataque que, nesse site, fez a uma reportagem do JN insere-se numa prática que, infelizmente, não é de agora. É que convém recordar que, utilizando esses mesmos canais, Rui Moreira ataca forças partidárias com representação Municipal (ou seja, com eleitos do povo do Porto!). Lembro-me, em particular, dos ataques a eleitos da CDU por estes, legitimamente (e pelos vistos, com razão, como o provam as decisões da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e da Comissão Nacional de Proteção de Dados), considerarem ilegal a forma como os parcómetros do Porto funcionam e os fiscais da concessionária atuam.

Mas, para além desta utilização ilegítima de dinheiros públicos, estes episódios demonstram uma preocupante incapacidade de lidar com a discordância. Recordo os ferozes ataques a uma vereadora do PS que ousou questionar a política de mobilidade seguida pela Câmara. Recordo a forma como criou um incidente diplomático com o alcaide de Vigo quando, ao tentar defender o Aeroporto do Porto, considerou o Aeroporto de Vigo como uma espécie de "salsicha fresca dentro de uma francesinha". Ou o ataque ao vereador da CDU por ter feito legítimas e pertinentes perguntas sobre a Selminho. Ou a deselegante e inadmissível desautorização ao seu vereador M. Correia Fernandes sobre o Bolhão. Posições que desenterram o bafiento conceito do "quem não é por nós é contra nós"! Ou, ainda pior, e como já lhe li, "quem não é por mim é contra a cidade do Porto", o que nos remete para o famoso "Rei Sol"...

Conceitos que entram em contradição com uma imagem pessoal que, indubitavelmente, é marcada por uma inegável simpatia pessoal e afabilidade. Que, desta forma, parecem, apenas, uma máscara...

No caso da reportagem do JN, e como bem referiu, também aqui, Jorge Villas, não pode querer matar o mensageiro por não gostar da mensagem. E a verdade é que há hoje uma pressão inaceitável sobre moradores do Porto (militantes partidários ou independentes...), procurando escorraçá-los das suas casas para que estas se transformem em alojamentos turísticos.

Sendo preocupante que o presidente da Câmara não o queira ver ou, vendo-o, o procure abafar...

* ENGENHEIRO

Rui Sá *
Hoje às 00:03, atualizado às 00:24
Jornal de Notícias

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum