Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  cmtv  cais  

Últimos assuntos
Galeria


Fevereiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
16 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 16 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Recuperação à vista: mercado mundial de contentores ganhou fôlego na recta final de 2016

Ir em baixo

Recuperação à vista: mercado mundial de contentores ganhou fôlego na recta final de 2016

Mensagem por Admin em Ter Mar 28, 2017 4:15 pm


A braços, nos últimos anos, com dificuldades, o mercado de contentores (que sofreu bastante com a explosão da crise de 2008) parece dar novos sinais de uma renovada vitalidade: de acordo com um relatório da consultora marítima Drewry Shipping, o tráfego de contentores registou, no último trimestre de 2016, uma recuperação que se fixou nos 5%. 

Este dado analisado pela Drewry Shipping representa um aumento significativo em comparação com a média mundial de 2,4%, registada no terceiro trimestre de 2016. Todas as regiões registaram um resultado positivo, com as regiões da América do Norte e do Sudeste asiático a encabeçarem esses índices de recuperação, chegando mesmo a atingir os 7%.

Acrescenta a Drewry que também os principais 'hubs' de 'transhipment' beneficiaram com esta tendência, nomeadamente os portos da região do Mediterrâneo, que atingiram crescimentos médios de 3,8%. Numa análise global, o ano de 2016 deu continuidade à fraca progressão do tráfego (crescimento médio de 2%), mas o último trimestre devolveu a esperança numa recuperação futura.

O crescimento verificado na América do Norte (cifrado nos 7%) marcou uma inversão na tendência - relembramos que após a queda da sul-coreana Hanjin Shipping, o terceiro trimestre pautou-se por um dos mais magros resultados de sempre. Na região da América Latina, o crescimento na recta final também se fez notar, embora não tenha sido suficiente para melhorar o registo de queda (-2%).

28/03/2017
CARGO Edições,Lda © 2017 

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum