Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Tópicos similares
    Conectar-se

    Esqueci minha senha

    Palavras chave

    tvi24  

    Últimos assuntos
    Galeria


    Dezembro 2017
    DomSegTerQuaQuiSexSab
         12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31      

    Calendário Calendário

    Flux RSS


    Yahoo! 
    MSN 
    AOL 
    Netvibes 
    Bloglines 


    Quem está conectado
    19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 2 Motores de busca

    Nenhum

    O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

    THE DAY AFTER BREXIT

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    THE DAY AFTER BREXIT

    Mensagem por Admin em Qui Mar 30, 2017 4:25 pm


    Ontem foi entregue pelo Reino Unido a carta que formaliza a invocação do artigo 50º do Tratado de Lisboa e assim oficializar o pedido de saída da União Europeia. As negociações começarão agora e poderão durar um prazo previsto de 2 anos (prazo este que é expectável terminar antes das eleições Europeias de 2019).

    Está dado o passo, naquele que será o acordo que mudará a Europa desde há 60 anos para cá. Fica na incerteza se este acordo irá satisfazer os 27 Países-membros da União Europeia e o Reio Unido. Mas uma coisa é certa, não haverão vencedores nem poderão existir vencidos, dada a complexidade de interesses envolvidos em ambas as partes.  

    Theresa May já demonstrou ser favorável a uma saída firme da UE através do controlo de imigração, o fim do orçamento comunitário e a recusa jurídica do Tribunal de Justiça da União Europeia. Contudo tais posições, não serão fáceis de assimilar por parte dos 27 Estados-Membros da UE, sem que estes imponham outras pesadas condições também. Por exemplo nas trocas comerciais em que as exportações do Reino Unido para a União Europeia equivalem a 45% e as exportações europeias para o Reino Unido representam um valor bem inferior de 16%.                                                                        
    A Noruega poderá servir de inspiração nessas negociações. Sem pertencer à União Europeia, adopta alguma legislação europeia e integra o Espaço Económico Europeu, permitindo a livre circulação de Pessoas, bens, serviços e capitais dentro do Espaço Schengen. Caberá também à União Europeia fortalecer os laços dentro dos 27 Estados-Membros, de forma a evitar novas saídas do projecto Europeu.

     Acredito, quanto a Portugal, que se aposte num diálogo bilateral com o Reino Unido, fazendo uso da sua velha aliança considerando o número de Portugueses lá residentes (cerca de 99 mil Pessoas) e as trocas de bens entre os dois países. Falando em velhas alianças, convém também ter em consideração, a velha e importante aliança que sempre existiu entre o próprio Reino Unido e os EUA. Ainda por mais agora, com os seus representantes políticos mais fechados à globalização e com discursos defensores do antigo modelo Estado-Nação.                                                                                  
    Aguardemos com expectativa, as linhas de negociação apresentadas amanhã pelo Conselho Europeu e a caminhada que será trilhada a partir daí. Caminhada esta que decidirá o modelo que se quer no futuro para o velho continente.

    Imagem: Capa da edição de ontem do jornal The Guardian

    Gonçalo Camarinhas
    Licenciado em Ciências Políticas e Relações Internacionais
      30 Março 2017      12:28
    Tribuna Alentejo

    _________________
    Cláudio Carneiro


    Facebook
    avatar
    Admin
    Admin

    Mensagens : 16760
    Pontos : 49157
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 07/12/2013
    Idade : 30
    Localização : Sines

    Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum