Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Registo MAR aproxima-se dos 500 navios inscritos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Registo MAR aproxima-se dos 500 navios inscritos

Mensagem por Admin em Qua Abr 05, 2017 11:34 am


O número de navios de carga registados na Zona Franca da Madeira (no registo MAR) tem disparado: actualmente, são já quase 500 registos, um número bem diferente da ínfima quantidade de navios registados pelo registo convencional. Na origem desta crescente procura estão os baixos impostos e também a directriz comunitária que obriga as empresas europeias a terem 75% dos navios registados algures na União Europeia.

A crescente procura veio quadruplicar nos últimos anos os navios inscritos na Madeira: dos 130 navios registados na Zona Franca da Madeira em 2014, chega-se em 2017 aos 500, garantiu Gonçalo Santos, um dos responsáveis da recém-criada Associação Internacional de Armadores Europeus em Portugal, com sede no Funchal. Numa matéria publicada pela TSF, Gonçalo Santos dá até o exemplo de uma empresa estoniana, cuja totalidade da frota está inscrita na Zona Franca.

Enaltecendo também o progresso intenso dos registos de navios na Zona Franca da Madeira, a Direcção Geral de Recursos Marítimos tem, ainda assim, uma análise um pouco mais conservadora desse mesmo progresso, indicando que actualmente são 400 os navios registados, ao contrário dos 500 avançados pela Associação Internacional de Armadores Europeus em Portugal. 

Burocracia impacienta armadores estrangeiros

Apesar do trilho que tem encontrado o sucesso, nem tudo são, ultimamente, rosas: as empresas com barcos registados na Madeira afirmam que se acumulam os certificados por emitir para tripulantes na DGRM, facto susceptível de atrasar e impacientar os armadores. Sendo já hoje o terceiro maior registo da União Europeia, o registo da Madeira poderá almejar ainda mais, caso estas insuficiências sejam atacadas.

05/04/2017
CARGO Edições,Lda © 2017

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum