Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Terrenos industriais da Margem Sul vão ser descontaminados para viabilizar mega projeto imobiliário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Terrenos industriais da Margem Sul vão ser descontaminados para viabilizar mega projeto imobiliário

Mensagem por Admin em Qua Abr 05, 2017 11:53 am

Diário de Notícias

O mega projeto imobiliário Lisbon South Bay, promovido e coordenado pela Sociedade Baía do Tejo, está prestes a dar um novo passo. Até ao final do ano vão ser investidos cerca de 13 milhões de euros na descontaminação dos solos da antiga Siderurgia, no Seixal, e da Quimigal, no Barreiro. Por outro lado, vão ser realizadas várias ações de reabilitação no valor de 2 milhões de euros, dentro do objetivo de ser criada uma frente metropolitana de oferta turística e empresarial naquela zona da Margem Sul.

Dentro deste projeto, segundo escreve o Diário de Notícias, é na cidade de Almada que está a grande aposta na área da reabilitação urbana, tendo a Baía do Tejo e a autarquia de Almada já sido sido contactados por grupos de investidores internacionais como fundos norte-americanos e ingleses e empresas ligadas ao imobiliário, por exemplo do Médio Oriente e da Holanda, que revelaram interesse em investir neste projeto que, segundo a avaliação económico-financeira conhecida, pode englobar um investimento mínimo de mil milhões de euros. 

Para a área, onde antes funcionavam os estaleiros de reparação naval da Lisnave, está aprovado desde 2009 um projeto de renovação que inclui uma marina, um terminal para cruzeiros e uma área habitacional, que, após estar construída, deverá contar com dez mil habitantes.

Além da Cidade da Água, outra das apostas para dar uma nova vida aos antigos parques industriais do Seixal e do Barreiro é, indica o diário, que o terminal de contentores que atualmente existe em Lisboa passe para o Barreiro. O processo da responsabilidade da Administração do Porto de Lisboa está, no entanto, parado na Agência Portuguesa do Ambiente, à espera de elementos adicionais relativos ao impacte ambiental.

Artigo visto em Grupos internacionais querem investir em Almada (Diário de Notícias)

05 abril 2017, 10:25
Idealista 

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum