Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Tópicos similares
    Conectar-se

    Esqueci minha senha

    Palavras chave

    Últimos assuntos
    Galeria


    Outubro 2017
    DomSegTerQuaQuiSexSab
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031    

    Calendário Calendário

    Flux RSS


    Yahoo! 
    MSN 
    AOL 
    Netvibes 
    Bloglines 


    Quem está conectado
    19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 1 Motor de busca

    Nenhum

    O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

    Venezuela

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

    Venezuela

    Mensagem por Admin em Qui Abr 06, 2017 11:02 am

    Devemos acompanhar com enorme atenção a situação na Venezuela. Devemos expressar também, e de uma forma clara, a nossa solidariedade para com todo o povo da Venezuela mas em especial com a Comunidade madeirense que atravessa momentos de grande incerteza e insegurança e uma enorme crise. Devemos ser muito evidentes nessa solidariedade e no apoio. Devemos continuar a pressionar o governo da República a apoiar os centros sociais e comunitários portugueses na Venezuela com medicamentos e outros produtos urgentes e que faltam no Pais. Eu próprio como deputado à Assembleia da República, por várias vezes, tenho levantado a questão da Venezuela no Parlamento. Ainda na semana passada perante o Ministro dos Negócios Estrangeiros.Também o governo da Madeira deve continuar com a sua politica de enorme responsabilidade e solidariedade recebendo e apoiando centenas de compatriotas nossos que procuram a Madeira para trabalhar ou receber cuidados médicos. Temos que ser o mais solidários possiveis e muito evidentes nessa solidariedade e nesse apoio. A nossa Comunidade na Venezuela deve-se sentir acompanhada e acarinhada. Quanto à questão politica, propriamente dita, devemos politizar o minimo possivel e desejar que sejam os venezuelanos a resolverem as suas questões sem qualquer intervenção exterior. Como é evidente isso não impede que todos os paises - incluindo Portugal - acompanhem com imensa atenção o que se passa na Venezuela até porque temos uma enorme comunidade no Pais. Também é evidente que desejamos que as instituições na Venezuela sejam respeitadas pois foram democraticamente eleitas. Desde o Presidente e o seu governo passando, naturalmente, pelo Parlamento. Também a separação de poderes deve ser respeitada e as liberdades constitucionais garantidas.

    Brexit


    Quanto mais rápido se resolver toda a dificil questão da saida do Reino Unido da União Europeia (UE) melhor para todos. Tenho uma opinião muito clara quanto a esta questão. Naturalmente que me entristece profundamente a saida do Reino Unido da UE. Mas a União Europeia felizmente é uma Organização livre de paises livres. Os paises são livres de entrar e livres de sair. A saida do Reino Unido foi sufragada pelo Povo logo deve ser respeitada. Discordo daqueles que desejam “punir” ou, no minimo, “dificultar” a saida do Reino Unido transformando este episódio num calvário. Discordo em absoluto. Pelo contrário. Na minha opinião não há que punir o povo inglês por uma decisão legal e democrática. Temos que saber viver com ela e aprender a lição. A Europa e a União Europeia - duas coisas bem distintas - só têm a ganhar se fizermos uma “separação amigável” sem dramatismos nem vinganças. Temos que ser todos razoáveis. Na verdade a Inglaterra (e o Reino Unido no seu todo) é um pais extraordinário e de uma enorme importancia para o continente europeu. A Inglaterra sai da União Europeia mas continua na Europa (exatamente a 33 km da Europa continental!). No Reino Unido, em especial na Inglaterra, vive uma enorme comunidade portuguesa - boa parte da Madeira - que deve continuar a ter os mesmos Direitos que tem nesta altura. Igual tratamento deve ser dado à grande comunidade inglesa radicada em Portugal. Portugal só tem a ganhar se o Brexit foi “rápido e suave”. Vale a pena ter em conta: Portugal tem uma história comum com a Inglaterra como poucos paises do Mundo. Temos a Aliança mais antiga do Mundo. Uma Aliança com bons e maus episódios. Somos ambos paises atlantistas. Para nós o Mar Atlantico, África e as Américas são essenciais e estão em pé de igualdade com a Europa. O Reino Unido é o nosso quarto maior cliente (10% das nossas exportações com um valor, entre bens e serviços, de 7200 milhões de euros/ano!). Investe 7% do investimento total em Portugal. É o principal mercado emissor de turismo (20% dos turistas com uma receita de 2 mil milhões de euros!). É por estas razões históricas/diplomáticas, estratégicas e económicas que Portugal deve defender um acordo simultaneamente favorável aos ingleses e aos europeus.

    Chile


    A Senhora Presidente do Chile esteve em Portugal na semana passada. Tive a oportunidade de estar com ela e sua Comitiva no jantar oficial - a convite do Presidente Marcelo Rebelo de Sousa - e num pequeno almoço de trabalho a convite da própria Presidente. Gostei muito de a conhecer. Com um discurso muito equilibrado sobre o Mundo a senhora Bachelet defendeu um reforço das relações entre os nossos dois paises. Tive oportunidade de lhe dizer que conheço o Chile e que de facto podemos fazer muito mais na relação entre os dois paises. No entanto já temos alguns investimentos de enorme envergadura no Chile na área do vinho e do tomate. Dos maiores feitos no Chile. Mas na verdade ainda podemos fazer muito mais em ambos os sentidos.

    PAULO NEVES / 06 ABR 2017 / 02:00 H.
    Diário de Notícias da Madeira

    _________________
    Cláudio Carneiro


    Facebook
    avatar
    Admin
    Admin

    Mensagens : 16760
    Pontos : 49157
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 07/12/2013
    Idade : 30
    Localização : Sines

    Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

    Voltar ao Topo Ir em baixo

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

    - Tópicos similares

     
    Permissão deste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos neste fórum