Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
17 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 17 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Artigo de opinião de Paulo Pereira: «A Logística Urbana e o Turismo»

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Artigo de opinião de Paulo Pereira: «A Logística Urbana e o Turismo»

Mensagem por Admin em Sex Abr 07, 2017 5:14 pm


«O turismo em Portugal continua em franca expansão batendo recordes ano após ano. A par das regiões turísticas portuguesas por excelência, como é o exemplo do Algarve, existem outras, tais como Lisboa e Porto, que apresentam taxas de crescimento pouco comuns, de tal forma que, segundo a PricewaterhouseCoopers (PwC), no seu estudo "European Cities Forecast", prevê que Lisboa e o Porto serão, respetivamente, as 2º e 3º cidades com o maior crescimento turístico em 2017, num universo de 19 cidades europeias. 

Se pensarmos que Lisboa, desde 2015, lidera o ranking nacional do número de hóspedes (5,2 milhões nesse ano e 5,6 em 2016), rapidamente nos apercebemos que esta alteração dos padrões e dos níveis de consumo urbanos, conduzem a uma maior complexidade à distribuição das mercadorias, fruto de vários fatores, dos quais entre eles destacamos o aumento das quantidades transportadas, dos pedidos diários de abastecimento e ainda do número de destinos dentro da cidade de Lisboa. Este último fator encontra-se muito longe de estabilizar se considerarmos a quantidade de edifícios em Lisboa que, após longos anos de encerramento, se encontram em fase de reconversão para espaços comerciais e hotéis. 

Os decisores locais confrontam-se, assim, com uma equação de difícil resolução e que se baseia em encontrar a solução para as necessidades crescentes de consumo das cidades, provocadas pelo incremento do turismo, sem recorrer a um aumento proporcional da frota de distribuição com todas as consequências inerentes - poluição atmosférica e sonora, trânsito e insegurança rodoviária – e que são fatores que degradam a qualidade da oferta turística e consequentemente a capacidade de atração de mais visitantes. 

Neste sentido, a logística urbana desempenha um papel cada vez mais preponderante na garantia da qualidade da oferta turística, através da aplicação de soluções logísticas que respeitem a filosofia de agregação dos fluxos físicos, da preocupação com o ordenamento e da qualidade de vida urbana respeitando sempre, ao mesmo tempo, elevados padrões de nível de serviço.

No fundo, trata-se de desenhar e implementar soluções de distribuição urbana de elevada performance mas, que ao mesmo tempo, sejam “invisíveis” aos olhos dos turistas.»

Mestre Paulo Pereira, Docente da Pós-Graduação em Logística e Gestão de Operações do ISG | Business & Economics School


07/04/2017
CARGO Edições,Lda © 2017

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum