Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Agosto 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
  12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
19 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 19 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Barreiro - Por dentro dos dias: Afinal, há mesmo mais concelho que o centro da cidade.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Barreiro - Por dentro dos dias: Afinal, há mesmo mais concelho que o centro da cidade.

Mensagem por Admin em Sab Abr 08, 2017 11:01 am


Estive no terreno, vi com os meus olhos, senti a realidade, por essa razão, ao receber, hoje, esta noticia fiquei feliz, porque senti como, nos próximos tempos, vai mudar a qualidade de vida dos habitantes das AUGIS e atingir padrões dignos de um concelho da uma Área Metropolitana.

Há uns meses atrás passei um dia a viajar com Rui Lopo, pelos diversos territórios da AUGIS – Áreas Urbanas de Génese Ilegal. Uma reportagem para editar na revista «Rostos on line», que, entretanto, por razões diversas foi adiada, coisas que resultam de situações que, por vezes, superam os planos de trabalho.

Na altura Rui Lopo, falava com entusiasmo do grande salto que todos aquelas zonas, nas freguesias de Santo António da Charneca, Coina, Palhais e Santo André, se, eventualmente a candidatura sobre a qual vinha a trabalhar com a sua equipa de técnicos, já há alguns anos, viesse a ser aprovada.

Assisti, nesse dia a uma reunião com os membros da AUGI do Bairro da Liberdade. 

Conheço esta realidade porque, há muitos anos que tenho acompanhado e sei das dificuldades imensas que existem , quer devido a mudanças legislativas, quer pelas diferentes opções que se colocam na procura de soluções.

Esta tem sido uma matéria polémica, com amplos debates, que animaram reuniões acaloradas da Assembleia Municipal e na Câmara Municipal.

A aprovação da candidatura, hoje anunciada, é, sem dúvida uma noticia de grande importância para o desenvolvimento da qualidade de vida urbana dos habitantes das AUGIS. Do Bairro da Liberdade à Quinta Francisco Rodrigues, ali, na Quinta da Lomba vai acontecer a realização de um sonho por muitos sonhado e, até, que muitos, não sentiram a alegria de o viver.

Parabéns AUGI do Barreiro!

“Quando estamos disponíveis para estar em funções como estas em que me encontro, acabamos por estar sujeitos a pressões, comentários, boatos, as coisas mais incríveis que a maior parte das pessoas nem imagina. A vontade de abandonar a tarefa é tão grande várias vezes, que só mesmo a vontade de alterar realidades do nosso concelho, da terra, que nos vê nascer e crescer pode ultrapassar”, escreve, hoje, Rui Lopo, na sua página pessoal de facebook. 

Percebo-o. Como o percebo depois de, no terreno, ter conhecido, os muitos recantos ignorados por quem vive no centro da cidade.

Nunca desisti destas pessoas,

“Nestes 7 anos, quase 8 de caminho autárquico as AUGI têm sido para mim um gosto enorme, porque são pessoas, que estando perto da cidade não estão! foram durante anos apelidados de clandestinos!!! gente como nós!!

Nunca desisti destas pessoas, destes bairros, destas gentes, do esforço que fizeram, que fazem, do tempo que investiram, da burocracia que não entendem. Centenas de reuniões com centenas de pessoas. Uns que já não estão entre nós, outros que estando, desistiram de estar”, acrescenta Rui Lopo.

Confirmo. Vi no terreno a forma carinhosa e o diálogo que mantinha, em diversos locais, com os habitantes das AUGIS. Troca de opiniões. Análise de problemas. Vi uma relação fraterna de quem partilha as dificuldades de quem procura soluções, de quem acreditava que havia uma lçuz ao fundo do túnel.

E ainda há muito por fazer

“Agora, juntam-se ao milhão de euros já aprovados para a Pnalva, mais 2,5 para o resto do concelho.

Toda a ajuda é pouca. Parabéns a todos, a eles que ali moram. E ainda há muito por fazer, tudo o resto…” sublinha Rui Lopo.

Estão de parabéns os habitantes das AUGIS. Estão de parabéns os técnicos da autarquia. Estão de parabéns os políticos que acreditaram. Está de parabéns o concelho do Barreiro.

Mudar a qualidade de vida dos habitantes das AUGIS

Estive no terreno, vi com os meus olhos, senti a realidade, por essa razão, ao receber, hoje, esta noticia fiquei feliz, porque senti como, nos próximos tempos, vai mudar a qualidade de vida dos habitantes das AUGIS e atingir padrões dignos de um concelho da uma Área Metropolitana.

Não faltará por aí, quem venha comentar que é ano de eleições, que todos os anos deviam de haver eleições. A verdade é que esta candidatura só agora, sim, foi no ano de 2016, que foi possível avançar, com recurso a fundos comunitários a única forma possível de dar a volta a um problema que se arrastava há décadas e difícil de resolver.

Não podemos, igualmente, ignorar a combatividade, a entrega, a luta dos habitantes das AUGIS que, eles, também, nunca desistiram e procuraram numa forte e intensa parceria com o Poder Local, debater soluções e abrir caminhos. 

Exigindo. Aguentando. 

Fica este registo… e espero em breve divulgar o arranque dos concursos e acompanhar esta página de desenvolvimento do território do concelho do Barreiro.

Porque, afinal, há mesmo mais concelho que o centro da cidade.

S.P.
Foto – Carlos Guinote 
07.04.2017 - 19:57
Rostos

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum