Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Últimos assuntos
Galeria


Abril 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
15 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 15 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

As tentações dos pobres

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As tentações dos pobres

Mensagem por Admin em Dom Abr 09, 2017 10:59 am

Com a lucidez da idade, Raimundo deu em filósofo e analista político-económico.

Com a lucidez da idade, Raimundo deu em filósofo e analista político-económico. Em rapazote, serviu o Estado fascista como fiscal, na Inspecção-Geral de Espectáculos. Serviu e serviu-se, sem problemas de consciência. Gozando o sol primaveril, Raimundo segue atento as peripécias da caranguejola financeira que levou BES e Caixa, Banif e Montepio, a um estado deplorável... para os contribuintes. Raimundo sorri e nem se admira. 

Sabe ele que é ponto comum e aceite que a tentação essencial dos bancos é o lucro. E como isto anda tudo ligado, há muito que a tentação alastrou a pobres, remediados, ricos e muito ricos - num circuito pescadinha de rabo na boca. À excepção dos sem-abrigo, o lucro move montanhas de banqueiros e bancários, construtores civis e técnicos especializados, funcionários públicos e desportistas, novas e velhas profissões. 

Assim a Humanidade, em dialéctica, se vem construindo e destruindo. Sabe também Raimundo que só pobres fora-–da-lei iletrados ou obsessivos assaltam bancos (o número de assaltos desceu em 2016), enquanto cresceram os assaltos por via informática, que não deixam nem rasto nem impressões digitais. Pelo meio, cogita que a esmagadora fatia dos 30 mil milhões de crédito malparado foi parar a bolsos sem nome, empresas e offshores. Os pobres com tentações limitaram-se a pedir dinheiro para casa, carrito e férias no Algarve. 

Deixaram de pagar, porque emprego e guito acabaram. Andam agora aflitos porque os bancos lhes vão cair em cima. Raimundo apostou em casas e terrenos, que lhe rendem aceitáveis proventos. Saltitou por amantes à antiga, fez o circuito da boémia e conheceu uns quantos poetas e escritores do burgo alfacinha. 

E foi colega na IG dos Espectáculos do malogrado Luíz Pacheco - libertário, escritor, editor e muitas outras coisas, confessadas ou inconfessáveis. Esta semana, Raimundo pôs-se a pensar no abafado ‘caso da quadrilha dos selos’, nos idos de 50, que não lhe passou de todo ao lado. Na altura, o fiscal Luíz Pacheco também foi apanhado no esquema. Na IG dos Espectáculos não havia controlo dos selos fiscais que entravam. Daí à falsificação foi um passo. 

Limpavam-se os selos com lixívia e eram revendidos. Um imitava a assinatura do director, um outro até falsificava passaportes. Pacheco explicou-se muitos anos mais tarde. "Um gajo está numa repartição a lidar com requerimentos e selos fiscais de 200, 300 paus, um conto de réis - na altura era muito dinheiro. Ora não se põe um gajo que ganha 600 paus por mês a lidar diariamente com dezenas de contos de réis sem a mínima fiscalização..." Raimundo deixou a fiscalidade em beleza e sem castigo. 

Entre os chefes, houve medo e vergonha q.b. Raimundo fez-se à vida e nunca deu os seus créditos por malparados - o dinheiro esteve sempre bem e em movimento. Quanto a Luíz Pacheco, comprou uma mota e foi jogar na roleta do casino do Estoril. São assim os pobres com tentações.

Antiga ortografia

Por Victor Bandarra|00:30
Correio da Manhã

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum