Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Setembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
16 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 16 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Porto de Lisboa volta a crescer nos contentores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Porto de Lisboa volta a crescer nos contentores

Mensagem por Admin em Ter Abr 11, 2017 12:34 pm

Pedro Elias/Negócios

O porto de Lisboa registou um crescimento de quase 14% no movimento de contentores nos dois primeiros meses deste ano. Já em Sines o acréscimo foi superior a 56%, o que reforçou o peso desta infra-estrutura entre os portos nacionais.

O porto de Lisboa registou um aumento de 13,8% na movimentação de contentores nos dois primeiros meses deste ano, face ao período homólogo de 2016, revela a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) no relatório de Fevereiro de acompanhamento do mercado portuário.

O porto da capital arranca assim o ano com um desempenho positivo, depois de em 2016, ano em que os estivadores levaram a cabo uma greve de 40 dias, ter registado uma quebra de 18,7%.

De acordo com os dados da AMT, nos dois primeiros meses do ano Sines registou um acréscimo de 56,1% no número de TEU (unidade equivalente a um contentor), passando a representar 62,4% do total movimentado pelos principais portos nacionais. Também na Figueira da Foz houve um aumento de 55,6%, sendo que esta infra-estrutura pesa apenas 0,8% do total.

Pelo contrário, Douro e Leixões e Setúbal apresentaram nos dois primeiros meses deste ano quebras de 6,3% e 12,8%, respectivamente, em termos homólogos.

Apesar destes recuos, o total de contentores movimentado nos portos nacionais cresceu 29,1% até Fevereiro.

No conjunto das cargas, o movimento portuário registado nos dois primeiros meses deste ano reflectiu um acréscimo de 17,1% face ao mesmo período de 2016, tendo o volume global de carga movimentada ultrapassado os 15,9 milhões de toneladas.

De acordo com a AMT, a maior contribuição para este desempenho continua a ter origem no porto de Sines, cujo volume de carga cresceu 30,4% em termos homólogos, sendo seguido por Lisboa, com um aumento de 17,3%, Aveiro, com uma subida de 7,8% e Leixões, com um acréscimo de 4,2%.

Os restantes portos registaram variações homólogas negativas, com destaque para Setúbal, que recuou cerca de 13,4%, Figueira da Foz, com uma quebra de 8,4%, Viana do Castelo, com uma redução de 32% e Faro que perdeu 48,7% neste período.

O porto de Sines passou, assim, a apresentar uma quota de mercado de 57,2%, superior em 5,8 pontos percentuais ao valor que detinha no período homólogo de 2016. Segue-se Leixões com 18,3%, Lisboa com 11,2% e Setúbal com 6,3%

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 
11 de abril de 2017 às 13:07
Negócios

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum