Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  cais  cmtv  

Últimos assuntos
Galeria


Fevereiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
14 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 14 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Governo admite nova linha Aveiro – Viseu – Vilar Formoso

Ir em baixo

Governo admite nova linha Aveiro – Viseu – Vilar Formoso

Mensagem por Admin em Ter Jul 15, 2014 3:21 pm

O secretário de Estado dos Transportes admitiu, em Viseu, a possibilidade do Governo optar pela construção de uma nova linha ferroviária entre Aveiro e a fronteira, em vez de modernizar a Linha da Beira Alta, como previsto no PETI.
 
"Viseu passará a ter ligação ferroviária, independentemente da modalidade que for seguida. A decisão está tomada, está vertida no Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas e será uma realidade dentro deste Quadro Comunitário de Apoio", garantiu Sérgio Monteiro.
 
Durante a cerimónia de inauguração das obras de requalificação do Aeródromo Municipal de Viseu, o governante realçou que falta agora discutir, do ponto de vista prático, "qual é a alternativa técnica".
 
Na mesa está a ligação de Viseu à ferrovia através da melhoria/modernização da Linha da Beira Alta ou através de uma nova ligação entre Aveiro, Viseu e Vilar Formoso.
 
"Essa decisão será tomada do ponto de vista estritamente técnico e de impacto económico na região. A decisão será aquela que melhor servir os interesses da região, sem esquecer os constrangimentos orçamentais pelos quais o país tem vindo a passar e a restrição activa de não termos um envelope infinito do ponto de vista do Fundo de Coesão para a ferrovia", esclareceu.
 
O PETI contempla um investimento de 900 milhões de euros na modernização da Linha da Beira Alta. A construção de uma nova via, interoperável e para tráfego misto, custará seguramente várias vezes aquele montante.
 
Contudo, dirigentes políticos e empresariais do Norte e Centro, juntamente com as comunidades portuárias de Leixões e de Aveiro e especialistas do sector ferroviário têm defendido as virtualidades da construção da nova linha, argumentando com o peso das duas regiões nas exportações nacionais.

15-07-2014

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum