Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

cais  cmtv  tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Fevereiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
17 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 17 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

CM Aveiro cria Grupo de Interesse para promover Corredor Atlântico

Ir em baixo

CM Aveiro cria Grupo de Interesse para promover Corredor Atlântico

Mensagem por Admin em Qui Jul 17, 2014 11:02 am


A Câmara de Aveiro aprovou o protocolo para a criação de um “Grupo de Interesse” para impulsionar e promover o Corredor Atlântico no âmbito da Península Ibérica.

O “Grupo de Interesse” visa impulsionar e promover o Corredor Atlântico (Corredor Prioritário n.º7) no âmbito da Península Ibérica, a estabelecer entre a Câmara Municipal da Figueira da Foz, a Câmara Municipal de Aveiro, a Câmara Municipal de Coimbra, a Câmara Municipal de Viseu, a Câmara Municipal da Guarda, o Ayuntamento de Ciudad Rodrigo, o Ayuntamento de Salamanca, o Ayutamento de Valladolid, o Porto de Leixões, o Porto de Aveiro e a Associação Cylog.

Considerando que as regiões Centro de Portugal e Castilla y León de Espanha asseguram um dos principais eixos de acesso da Península Ibérica ao centro da Europa, sustentado por infraestruturas de transporte rodoviário e ferroviário de nível internacional.

Atendeu-se ainda ao facto das estratégias de desenvolvimento das Cidades envolvidas nas referidas regiões serem sustentadas numa verdadeira estratégia de eficiência coletiva, aproveitando as vantagens da proximidade a este eixo de transporte capitalizando a sua capacidade de atração de pessoas, de atividades e de conhecimento, o estabelecimento do Corredor Atlântico (como Corredor Europeu Prioritário) comporta uma grande oportunidade para melhorar a competitividade do transporte e a logística dos Municípios, estimulando o transporte intermodal e, por consequência, melhorando a competitividade das empresas e regiões.

A nota não o problema a dar no acesso ferroviário transfronteiriço, o real problema nos terminais portuários, o modelo desenvolvimento no passado de Aveiro no futuro obrigados pagar o erro histórico e estranho silencio de Figueira da Foz e de Viana do Castelo [?] acho sabes as suas caracterizações em Leixões ter certeza vai a ser aposta no nível Governamental e político no nível nacional.

17-07-2014
CARGO Edições,Lda © 2014

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum