Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

cmtv  cais  tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Janeiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Portugal “Dá Uma Força” Ao Acordo De Comércio Livre UE/Japão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Portugal “Dá Uma Força” Ao Acordo De Comércio Livre UE/Japão

Mensagem por Admin em Ter Out 28, 2014 2:29 pm


O ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, manifestou o empenho de Portugal na conclusão do acordo de comércio livre entre a União Europeia e o Japão e sublinhou que as relações bilaterais têm “espaço para crescer”.

“Portugal acredita que o acordo de comércio livre União Europeia/Japão vai trazer benefícios substanciais para a economia europeia e os seus cidadãos, bem como para países terceiros, abrindo novas oportunidades de exportação, reduzindo custos e preços ao consumidor, aumentando a possibilidade de escolha e a qualidade, e criando novos empregos”, declarou o governante.

Rui Machete falava na abertura do colóquio “Cooperação entre Japão, Portugal e União Europeia: Fortalecendo as fundações para os desafios de amanhã”, que decorre hoje no Palácio das Necessidades, em Lisboa, e que conta com a presença do embaixador japonês em Portugal, Hiroshi Azuma.

O Governo português, disse, está “profundamente empenhado na conclusão mais breve possível de uma ambiciosa parceria estratégica entre a União Europeia e o Japão”.

O acordo, cujas negociações decorrem desde março do ano passado e estão agora numa “fase crucial”, pretende eliminar barreiras comerciais, facilitar o comércio e fortalecer laços comerciais, sendo a indústria pesada e a agricultura as áreas de maior interesse, mencionou.

Rui Machete apontou vantagens deste acordo, em particular para as pequenas e médias empresas, e referiu estudos que apontam para um aumento de 0,75% do produto interno bruto europeu e a criação de mais de 400 mil postos de trabalho, “com benefícios semelhantes para o Japão”.

Por outro lado, as exportações da Europa poderão aumentar até 32,7%, enquanto as importações de bens japoneses poderão crescer até 23,5%.

28 Outubro, 2014 12:13
OJE/Lusa

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum