Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Galeria


Março 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
18 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 18 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

O Shopping Center do Litoral Alentejano e do Terminal Rodoviário em na cidade de Sines

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Shopping Center do Litoral Alentejano e do Terminal Rodoviário em na cidade de Sines

Mensagem por Admin em Sab Dez 07, 2013 6:35 pm

A instalação de equipamento de comercial em na cidade é um grande centro comercial moderno (um edifício com 2 pisos, entre os 40.000 até 120.000 metros quadrados) a área de construção, chama o " Shopping Center do Litoral Alentejano" como um investimento privado das empresas terei como a experiência da área de centros comerciais em no território nacional ou internacional, na em entrada da cidade de Sines em no espaço esta entre Autoestrada do número 26 até a ZIL II no lado da Baixa São Pedro na em cidade de Sines, com a previsão do período do tempo entre 20 ou 24 meses da obra, para havia mais um espaço físico para a sociedade da região podia fazer as suas compras com o espaço estar os consumadores do centro comercial podia conviver em no dentro do comercial como um pequeno jardim em no dentro do centro comercial, com os brancos podia estar os consumadores do centro comercial, com em no externo do espaço do centro comercial contem um pequeno parque de urbano com as mesas e os brancos de madeira, com a ligação estar no lado do terminal de transportes suburbanos da cidade, com uma paragem de transportes urbanos da cidade, com uma paragem de táxis como dez lugares e como um de parque estacionamentos com estar entre 2 até 3 mil lugares.

The installation of commercial equipment in the city is a large modern shopping center ( a building with 2 floors , between 40,000 to 120,000 square meters ) building area , called the " Shopping Center of the Alentejo Coast " as a private corporate investment 'll like the experience area shopping centers in the national and international territory , in the entrance of Sines in this space between Highway number 26 to the ZIL II on the side of Lower St. Peter in the city of Sines , with weather forecast of construction between 20 or 24 months of work , so there was more of a physical space for the society in the region could make their purchases with space being the consummators the mall could live in the within the business as a small garden within the shopping center, with whites could be the consummators commercial center with in outer space in the shopping center contains a small urban park with tables and white wood , with the connection being on the side of the terminal suburban transport in the city with a stop for urban transport in the city with a taxi rank as ten places as a park and parking with be between 2 to 3 thousand seats .


Sem alguma previsão de datas podia ser em no meio do ano de 2014 até em no inicial do ano de 2020 e o investimento com o valor global de investimento estar entre 180 até 300 milhões de euros, o valor a compra de terreno esta entre 8 até 20 milhões de euros, o valor de venda dos terrenos da área de construção ou da obra do Shopping Center do Litoral Alentejano e o Terminal Rodoviário estar entre 1 milhões e 400 mil até 2 milhões e 800 mil de euros, o valor a construção ou obras de Shopping Center do Litoral Alentejano e o Terminal Rodoviário de Sines estar entre 160 até 280 milhões de euros podia criar estar entre 800 até 2 mil postos de emprego em no espaço de Shopping Center do Litoral Alentejano e o Terminal Rodoviário. No dentro da área de construção do Shopping Center do Litoral Alentejano obrigar construção um acesso dentro a roda do Shopping Center do Litoral Alentejano com as quatros vias de ligações contem 16 metros de largura no Parque Estacionamento, com um pequeno terminal de táxis, com uma dupla paragem de transportes públicos urbanos e no Terminal Rodoviário.



Without some forecast dates could be in the middle of 2014 until the start of the year in 2020 and investment with the overall investment being between 180 to 300 million euros , the value of the purchase of land is between 8 to 20 million, the sale value of the construction area or the work of the Shopping Center and the Alentejo Litoral bus terminal land be between 1 million and 400,000 to 2 million and 800 thousand euros , the value of construction works or Shopping center of the Alentejo Litoral bus terminal in Sines and be between 160 to 280 million euros could be between 800 to create 2000 jobs in employment within the Alentejo Coast Shopping Center and Bus Terminal . In within the construction area of ​​the Mall of the Alentejo Litoral require construction access within the wheel of the Alentejo Coast Shopping Center with four -way links contains 16 meters wide at Car Park , with a small taxi rank , with a double stop urban public transport and the bus terminal .


 





Localidade do Shopping Center do Litoral Alentejano

Construção de um centro comercial moderno (um edifício com 2 pisos, entre os 40.000 até 120.000 metros quadrados) a área de construção, com ligações directas a um novo terminal rodoviária, capacitada para acolher os variados transportes rodoviários (linhas locais, regionais e nacionais):

- Incluindo novos transportes urbanos com carreiras urbanas entre 10 - 20 minutos, para locais específicos na cidade, como superfícies comerciais, escolas, zonas de serviços públicos ou de interesse turístico.

Assim sendo, esse também novo centro comercial, abarcaria 2 pisos, com dezenas e dezenas de lojas.

Construction of a modern shopping center (a building with 2 floors, between 40,000 to 120,000 square feet), with direct connections to a new bus terminal, able to accommodate the varying road transport (lines local, regional and national):

- Including new urban transport with city lines between 10-20 minutes to specific locations in the city, such as shopping centers, schools, public services or areas of interest.

Thus, also this new shopping center would cover 2 floors, with dozens and dozens of stores.


O vídeo do Projecto Modelo do Shopping Center e do Terminal Rodoviário esta fora a plataforma de ferrovia no projecto 


O vídeo do Projecto Modelo do Shopping Center e do Terminal Rodoviário e chamado um edifício multi-serviços em Polônia na cidade de Poznań 





A Vista do Projecto Modelo do Shopping Center e do Terminal Rodoviário e chamado um edifício multi-serviços em Polônia na cidade de Poznań



  





A Vista do Projecto Modelo do Terminal Rodoviário e chamado um edifício multi-serviços em Polônia na cidade de Poznań

No piso do rés-do-chão, directamente ligada com o novo terminal rodoviária, existir uma espécie de bilheteira rodoviária, com a maior variedade de horários e informação do transporte rodoviário, assim como a aquisição do bilhete requerido com a capacidade receber entre 6/8 autocarros suburbanos como as 6/8 pistas, como uma sala de estar dos consumadores do terminal, com um bar de serviço, o edifício com a área de 5.000 até 20.000 metros quadrados no externo do Shopping Center.

No centro comercial em si, estariam lojas de vários tipos, com as marcas de relevo.

Lojas que faltem a Sines ou à proximidade local, como a FNAC, PullandBear, C/A, H/M, New Yorker, Berskha, Zara, Desigual, Springfield, Game, entre outras, uma loja de apoio aos clubes desportivos da cidade, para a sua aproximação à comunidade local, e incluir uma área de convívio e restauração, como MCDonald´s,  PizzaHut, e outros locais de refeições para todos gostos, mas também de convívio e estar, com um salão aberto no piso superior, com diversos locais para se estar.


On the floor of the ground floor , directly linked with the new bus terminal , there is a kind of road box office , with the largest variety of schedules and information for road transport , as well as the purchase of ticket required with the ability to receive between 6 / 8 suburban buses as 6/8 lanes , like a living room of consummators terminal with a bar service , with the building area of ​​15,000 to 20,000 square meters in the outdoor shopping center.

In the shopping center itself , would be shops of various kinds , with the marks of relief .

Stores that miss the Sines or local proximity , such as FNAC , PullandBear , C / A, H / M , New Yorker , Berskha , Zara , Desigual , Springfield , Game , among others , a shop to support sports clubs in the city , for their approximation to the local community , and include a sitting area and restoration, such as McDonald's , PizzaHut , and other dining venues for all tastes , but also socializing and being with an open rooftop lounge , with several places to be.




Superfície Comercial em no dentro do Shopping Center

No piso inferior, um hipermercado tradicional, nestes tipos de edifício, da marca Auchan, o Jumbo (que falta nas proximidades).

Em cada um dos pisos, inteiramente interligados entre si, a existência de 5/6 casas de banho públicas, com as condições apropriadas para as diversas personalidades.

Nas conexões entre os pisos, existência de sector de elevadores assim como de escadarias.

Existência de um parque de estacionamento subterrâneo, e também ao ar livre, interligados entre si, com capacidade adequada ao uso dos seus habitantes.

Downstairs, a traditional hypermarket, these building types, the Auchan brand, Jumbo (missing nearby).


Downstairs, a traditional hypermarket, these building types, the Auchan brand, Jumbo (missing nearby).

On each floor, fully interconnected, the existence of five sixths of public toilets, with appropriate conditions for the various personalities.

The connections between the floors, there are lifts as well as stairs sector.

Existence of an underground car park, and also outdoors, interlinked with the proper use of its inhabitants capacity.

Downstairs, the traditional hypermarket, these building types, the Auchan brand, Jumbo (missing nearby).



Dentro do Shopping center do litoral Alentejano

A arte em no dentro do Shopping Center do Litoral Alentejano podia havia uma galeria exposição de arte com uma área de 800 metros quadrados e em no pátio central do shopping center com um pequeno palco com uma área de 10 metros quadrados para os consumadores do Shopping Center alguns novos serviços cultural em no um espaço comercial renovação da imagem e do ambiente dos Shoppings Centers podia trai mais consumadores para o Shopping Center e as suas lojas e apoio a imagem da cidade com mais cultural.



The art on the inside of the mall could Alentejo coast had a gallery art show with an area of ​​100 square meters and in the central courtyard of the mall with a small stage with an area of ​​10 square meters for consummators Shopping Center some new cultural renovation services in one image and environment of shopping malls commercial space could betray more consummators for the Mall and its stores and support the image of the city with more cultural.




Galeria exposição de arte




Pequeno palco


Última edição por Admin em Qui Mar 06, 2014 7:15 pm, editado 51 vez(es)
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16367
Pontos : 47964
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

A regras de investimento de Shoppings Centers em Portugal

Mensagem por Admin em Qui Dez 26, 2013 10:14 pm

1) Informação

A Associação Portuguesa de Centros Comerciais edita de dois em dois meses uma Newsleter, que distribui junto dos Associados, com informações sobre as actividades da APCC e notícias nacionais e internacionais relevantes para o sector.

Publica igualmente com uma periodicidade bimestral uma revista: “Shopping – Centros Comerciais em revista” que é distribuída por inúmeras entidades públicas, nacionais e estrangeiras, para além dos Associados e respectivos lojistas. A revista Shopping tem uma tiragem de 15.000 exemplares.

Publica desde 1996, um Anuário do sector com fichas e informação de todos os Centros Comerciais registados na APCC. Este é o único documento técnico editado em Portugal sobre o sector e é uma referência actual na nossa industria.
Informação on-line sobre a Associação Portuguesa de Centros Comerciais e sobre o sector dos centros comerciais em www.apcc.pt

2) Formação

Organiza conferências e seminários sobre assuntos do comércio em geral e da indústria dos centros comerciais em particular, com vista à formação dos profissionais do sector.

Promove visitas técnicas a centros comerciais que, pelas suas características, tenham especial interesse para os Associados.

Organiza, conjuntamente com a Universidade Católica Portuguesa – Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais, o Programa Avançado de Gestão de Espaços e Centros Comerciais, com a duração de um semestre.

3) Relações Institucionais

A APCC está em permanente contacto com o governo defendendo os interesses do sector, colaborando na elaboração de legislação específica, participando em reuniões e apresentando documentos sobre a posição da Associação em relação a assuntos concretos que possam afectar a indústria dos centros comerciais.

Actualmente encontram-se diversos assuntos em debate, nomeadamente:

- Horários do Comércio e das Grandes Unidades Comerciais;
- Instalação de Depósitos de Combustível no interior dos edifícios;
- Licenciamentos de Conjuntos Comerciais;
- Estacionamentos em Centros Comerciais;
- Promoção da Cogeração;
- Relação Contratual em Centros Comerciais;
- Rendimento Energético dos Edifícios;
- Revisão do Regime de Edificação Urbana;

4) Investigação

A APCC desenvolve estudos específicos sobre o sector através de comissões técnicas que funcionam nas áreas de Marketing e Gestão, Arquitectura, Urbanismo e Jurídica.

Mantém constantemente actualizada uma base de dados com informação sobre os centros comerciais e os seus associados.

5) Relações Públicas

A Associação Portuguesa de Centros Comerciais fornece à imprensa e às entidade governamentais informações actualizadas sobre os seus Associados e respectivos empreendimentos comerciais com vista à promoção da imagem do sector.

1 ) Information

The Portuguese Association of Shopping Centres publishes every two months, a Newsleter , which distributes among Members with information on the activities of APCC and relevant national and international news for the sector .

Also publishes with a bimonthly magazine : " Shopping - Shopping Centres in magazine" which is distributed by numerous public , domestic and foreign entities , in addition to the Associates and their tenants . Shopping The magazine has a circulation of 15,000 copies .

Published since 1996 a Yearbook sector with records and information from all shopping centers registered in the APCC . This is the only technical paper published in Portugal on the industry and is a current reference in our industry .
Online information about the Portuguese Association of Shopping Centres and the sector of the commercial centers in www.apcc.pt

2 ) Training

Organizes conferences and seminars on topics of general trade and commercial centers of industry in particular , for the training of professionals .

Promotes techniques to commercial centers , their characteristics are of particular interest to visitors Associados .

Organizes , jointly with the Portuguese Catholic University - Faculty of Economics and Business , Advanced Management Program Spaces and Commercial Centers , lasting one semester .

3 ) Institutional Relations

The APCC is in constant touch with the government defending the interests of the industry , collaborating in the development of specific legislation , participating in meetings and presenting papers on the position of the Association in relation to specific matters that may affect the shopping industry .

Currently are many issues involved , including :

- Timetable of Commerce and Big Business Units ;
- Installation of Fuel Deposits inside buildings ;
- Licensing of Commercial Sets ;
- Parking in Shopping Centres ;
- Promotion of cogeneration ;
- Contractual Relationship in shopping centers ;
- Energy Performance of Buildings ;
- Review of Urban Regime Building ;

4 ) Research

APCC develops specific studies on the sector through technical committees that work in the areas of Marketing and Management , Architecture , Urbanism and Legal .

Keeps constantly update a database with information on shopping centers and their associates .

5 ) Public Relations

The Portuguese Association of Shopping Centres provides the press and the government entity updates on its Members and their commercial enterprises to promote the image of the sector information .



Fonte: http://www.apcc.pt/sobre/areas.aspx
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16367
Pontos : 47964
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) contabiliza 105 centros comerciais em Portugal

Mensagem por Admin em Dom Fev 09, 2014 10:36 pm

A Associação Portuguesa de Centros Comerciais (APCC) contabiliza 105 centros comerciais em Portugal, com uma área de cerca de 2,6 milhões de m2. Estes números equivalem a uma dimensão média de 24752 m2 por centro.

Os centros comerciais estão presentes em 49 dos 308 concelhos do país, o que significa que, nos concelhos onde estão presentes, existe uma média de dois por concelho.

O concelho de Lisboa é aquele com maior número destas superfícies. Os 12 centros aqui localizados correspondem a 11.4% do total. Oeiras e Porto possuem 5 centros comerciais cada, o que, conjuntamente com Lisboa, equivale a 21.0% do total.

Em termos de densidade de centros comerciais (um índice que relaciona a área destas superfícies com a superfície total do concelho), vemos que é Amadora aquele que possui um valor mais elevado, seguido de São João da Madeira e Lisboa.

Já quanto à densidade per capita, é o concelho de Alcochete aquele que apresenta maior dimensão destas unidades comerciais face à população residente no concelho, pois possui 4192 m2 em centros comerciais por 1000 habitantes.

Os dados disponíveis evidenciam ainda que os centros comerciais localizados em Matosinhos, Alcochete e Amadora são os que possuem maior dimensão, três vezes acima da média nacional.



O mapa assinala os concelhos que possuem pelo menos uma destas unidades comerciais.




Lisboa é também o concelho onde mais área comercial desta tipologia está concentrada, com 11.4% do total, seguido de Matosinhos (6.7%) e Vila Nova de Gaia (5.5%).






Esta análise foi realizada com o sistema de geomarketing Sales Index , cuja filosofia é fornecer aos utilizadores todas as ferramentas necessárias à realização de análises de caracterização regional e do poder de compra do país. Para além das variáveis de caracterização concelhia (recolhidas junto de fontes oficiais), o sistema disponibiliza também um conjunto de índices que permitem não apenas visualizar como as variáveis se relacionam entre si, mas também fazer comparações entre os diversos concelhos do país.

Paralelamente, as suas funcionalidades permitem um vasto leque de aplicações de rentabilização da informação de base e de sustentação de estratégias de desenvolvimento local.

É hoje utilizado sobretudo para análise de redes de venda e distribuição, definição de objectivos de venda regionais, análise do potencial concelhio ou definição de novas localizações, entre muitas outras análises de geomarketing.



O Sales Index é uma aplicação de geomarketing totalmente desenvolvida em Portugal pelo Grupo Marktest desde 1992. É uma ferramenta de trabalho imprescindível para as instituições que encaram o espaço como uma variável de segmentação.
Integra as principais estatísticas existentes em Portugal com relevância socioeconómica disponíveis ao nível do concelho, permitindo múltiplas análises de valor acrescentado para a definição sustentada de estratégias de geomarketing

Na edição de 2013, destaque para a inclusão dos dados do último Recenseamento da População (2011), realizado pelo INE, cujos dados definitivos estão disponíveis por freguesia. A actual versão inclui ainda mais dados por freguesia e novos desenvolvimentos, de que destacamos a visualização dos resultados da análise de Clusters em gráfico.

Com o acesso ao sistema de informação do Sales Index é possivel:

- Consultar mais de 12.000 variáveis provenientes de mais 100 fontes de informação;

- Produzir relatórios de consulta à base de dados, possíveis de editar em folha de cálculo

- Analisar a informação por freguesia, concelho, distrito, regiões estatísticas (NUTs), regiões de marketing, regiões próprias de cada utilizador e códigos postais;

- Realizar análises comparativas entre territórios;

- Analisar a informação em formato de Dashboards regionais para obter rapidamente uma fotografia socio-económica da região em causa;

- Construir gráficos de forma directa e automática;

- Realizar análises evolutivas das variáveis e detectar tendências;

- Realizar análises de estatística multivariada a qualquer variável da base de dados, mesmo as de utilizador (análises de componentes principais, regressão, stepwise e clusters);

- Construir novas regiões de utilizador a partir dos resultados obtidos na análise de clusters (regiões homogéneas);

- Criar novos índices, novos ponderadores, novas variáveis por expressão, novas zonas de cobertura, novas regiões próprias do utilizador;

- Importar dados próprios do utilizador provenientes de outros sistemas de informação (acompanhado de wizard de validação na importação);

- Cruzar dados de utilizador com a informação disponível na base de dados;

- Georeferenciar facilmente qualquer variável da base de dados em mapas com vários layers dos diversos níveis regionais (de freguesia a região de utilizador);

- Aceder a configurações pré-gravadas, que permitem num clique ter acesso a várias selecções de informação ou análises de informação já gravadas;

Aceder ao helpdesk do Grupo Marktest e à documentação de apoio que regularmente produzimos. 

O sistema de informação Sales Index permite:

- Estudo de novas localizações de pontos de venda ou distribuição;

- Análises de rentabilidade e do potencial de cada concelho para determinado mercado;

- Análise da concorrência;

- Observação de tendências de localização de actividades e de evolução das variáveis;

- Análise de semelhanças ou dissemelhanças regionais;

- Definição de objectivos de venda regionais;

- Definição de áreas de influência e sua caracterização;

- Análise de novas oportunidades de negócio regionais;

- Corrigir eventuais distorções através de indicadores objectivos e universais;

- Detectar carências ou estabelecer prioridades;

Identificar variáveis que melhor explicam ou melhor se correlacionam com determinados objectivos a atingir.

O sistema de gestão de informação Sales Index é composto por:

- Uma extensa Base de Dados anualmente actualizada, que permite conhecer a evolução concelhia de mais de 12.000 variáveis.
A base de dados cobre os principais temas estatísticos, desde macroeconomia, demografia, estrutura empresarial, resultados eleitorais, actividade económica (agricultura, indústria, construção, comércio, turismo, serviços) até aos índices de desenvolvimento regional e poder de compra criados exclusivamente pela Marktest.


Um Software de Gestão da Informação que permite tirar o maior partido da informação disponível na Base de Dados do Sales Index, bem como das bases de dados do utilizador.

- Produzir tabelas (editáveis em folha de cálculo do programa ou exportáveis para outros), fazer análises evolutivas das variáveis de forma automática, produzir relatórios resumo e relatórios comparativos entre regiões, elaborar análises estatísticas, criar indicadores, zonas de cobertura, regiões de utilizador, introduzir ou importar variáveis próprias e cruzá-las com a informação da base de dados, bem como visualizar qualquer variável em mapas dos diversos níveis regionais ou em gráficos são as principais potencialidades do software.

O software inclui ainda um módulo de visualização de informação em Fichas concelhias ou regionais.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16367
Pontos : 47964
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Shopping Center do Litoral Alentejano e do Terminal Rodoviário em na cidade de Sines

Mensagem por Admin em Sab Fev 15, 2014 6:12 pm

É um sonho de dez mil e cem habitantes da região de Sines e poderão ser construção com muitos consumadores do Centro Comercial do Litoral Alentejo em 2017 ou 2020?
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16367
Pontos : 47964
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Shopping Center do Litoral Alentejano e do Terminal Rodoviário em na cidade de Sines

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum