Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  cais  cmtv  

Últimos assuntos
Galeria


Fevereiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
10 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 10 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Cooperação Angola quer aproximar-se de Portugal nas áreas portuária e do conhecimento

Ir em baixo

Cooperação Angola quer aproximar-se de Portugal nas áreas portuária e do conhecimento

Mensagem por Admin em Seg Fev 23, 2015 8:07 pm




O embaixador de Angola em Portugal, José Marcos Barrica, disse hoje que pode ser estabelecida uma "cooperação importante" entre os dois países na área portuária, para o desenvolvimento do Porto do Lobito, e no setor do conhecimento.

O diplomata angolano, que falava hoje em Sines, no distrito de Setúbal, durante uma visita inserida na iniciativa "Embaixadorias", promovida pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros português, destacou a "aposta muito séria" que Angola está a fazer "em setores estruturantes da economia", como os portos, os aeroportos, as ferrovias, as rodovias e o setor da energia.

O Governo angolano pretende "potenciar" o Porto do Lobito, na província de Benguela, cerca de 700 quilómetros para sul de Luanda, e, para tal, precisa de "novos conhecimentos", que poderão ser encontrados no Porto de Sines, afirmou José Marcos Barrica.

Com o Caminho de Ferro de Benguela, que atravessa todo o país e se liga ao Porto do Lobito, explicou o responsável, os produtos dos países limítrofes a leste de Angola podem "ter acesso ao mar".

O diplomata identificou o conhecimento como "outro produto exportável" para Angola, apontando a área alimentar como exemplo.

Segundo José Marcos Barrica, Angola "vai começar a reduzir progressivamente" as importações de produtos alimentares, mas vai "necessitar de importar o conhecimento" para os produzir, sendo uma oportunidade para as instituições de ensino superior portuguesas.

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação português, Luís Campos Ferreira, apresentou o conhecimento como o "melhor ativo" nacional e referiu que o mesmo está ser "muito bem" migrado das universidades para as empresas, sendo esse "um dos fatores de sucesso" das exportações.

"O conhecimento não está sujeito às fobias e estados de alma dos mercados. Tem sempre uma cotação boa, tem sempre uma cotação em alta quando o conhecimento é bom", sustentou o governante.

Para Luís Campos Ferreira, era "inevitável" que a iniciativa "Embaixadorias", que leva embaixadores acreditados em Lisboa a visitar diversas regiões do país, para promover as exportações e a internacionalização das empresas portuguesas, passasse por Sines.

Este concelho do litoral alentejano é, de acordo com o responsável, "um dos principais motores do desenvolvimento económico" nacional, razão pela qual foi visitado pelo embaixador de um país "que é muito importante" para Portugal.

Atualmente, Angola é o "principal destino exportador fora da Europa", com cerca de 9.000 empresas nacionais a enviarem os seus produtos para aquele país africano, e perto de 3.000 empresas ali instaladas, disse o governante.

Além da visita a Sines, que incluiu uma visita à empresa AMAL e ao Porto de Sines, a iniciativa "Embaixadorias" levou a comitiva à Amadora e a Alcochete, terminando hoje em Setúbal.

Na terça-feira, o programa prossegue em Setúbal e é concluído em Azeitão, na adega José Maria da Fonseca.

19:06 - 23 de Fevereiro de 2015 | Por Lusa
© 2015 Notícias ao Minuto

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum