Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Novembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Decisão sobre o Metro Mondego não vai depender das eleições - Passos Coelho

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Decisão sobre o Metro Mondego não vai depender das eleições - Passos Coelho

Mensagem por Admin em Ter Jun 09, 2015 10:06 am

Coimbra, 08 jun (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, disse hoje que a decisão sobre o sistema de mobilidade do Mondego não vai depender das próximas eleições legislativas, mas espera que possa ser tomada nos próximos meses.
Questionado pela agência Lusa, em Coimbra, à margem das comemorações dos 75 anos do Portugal dos Pequenitos, sobre quando será tomada a decisão sobre o futuro da ligação de Coimbra a Serpins, no âmbito do projeto de mobilidade do Mondego (Metro Mondego), Passos Coelho disse esperar que a decisão seja tomada "em breve".

"Não tenho nesta altura um calendário [para a decisão], mas creio que é uma questão de pouco tempo, de poucos meses, para que a questão fique decidida. Mas não é uma questão que eu esteja a apressar para decidir para as eleições, estamos a falar de programas de investimento que vão de 2014 até 2020", afirmou.

"O mapeamento essencial dos equipamentos ficará decidido nestes meses. Espero que tão cedo quanto possível haja uma resposta, identificando o que é que se pode fazer com o projeto de mobilidade da área do Mondego", adiantou.

O primeiro-ministro lembrou que projetos como o do Metro Mondego, de maior dimensão, não podem ser decididos à escala nacional "sem autorização de Bruxelas" e têm de ser articulados com a Comissão Europeia.

"São decisões que carecem de ser discutidas, do ponto de vista técnico, de forma individualizada", referiu.

Passos Coelho frisou que o Governo tem várias medidas "relevantes" na área das ligações ferroviárias e que o Metro Mondego é uma delas, mas "não é a mais importante".

O governante adiantou que "há um conjunto de prioridades", desde logo a ligação que considerou como mais importante, entre o Porto de Sines e a fronteira de Caia e daí até Madrid. A segunda mais importante, de acordo com Passos Coelho, é aquela que possibilitará o transporte de mercadorias a partir do porto de Aveiro, via Salamanca, e outra a requalificação da Linha do Norte, entre o Porto e Lisboa.

"Entre essas muitas prioridades está também o estudo da mobilidade urbana aqui de Coimbra", disse Passos Coelho, lembrando que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro está em negociações com Bruxelas e "a discutir e debater" na região centro "as possíveis soluções" para o sistema de mobilidade do Mondego.

No discurso que proferiu na sessão comemorativa, Passos Coelho aludiu à questão do Metro Mondego em resposta a uma intervenção do presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, que lembrou que o atual Governo "deu prioridade" ao transporte ferroviário.

"Não queremos ser esquecidos", frisou Manuel Machado (PS), que viu, na resposta, Passos Coelho sustentar que uma decisão sobre a questão será tomada "em tempo útil".

JLS // ROC

Lusa/Fim

08-06-2015 21:02
Fonte: Agência Lusa
Porto Canal

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum