Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

cais  cmtv  tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Fevereiro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Cabo Verde tem "muitas vantagens" na ligação à economia do mar -- especialista português

Ir em baixo

Cabo Verde tem "muitas vantagens" na ligação à economia do mar -- especialista português

Mensagem por Admin em Seg Jun 29, 2015 4:15 pm

Cabo Verde tem "muitas vantagens e poucas desvantagens" na aposta de ligação à economia do mar, pelo que tem de trabalhar junto de organizações internacionais, sobretudo dentro da CPLP, para poder ter sucesso, disse hoje, na Cidade da Praia, o ex-ministro António Mendonça.

O antigo ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações e docente universitário, falava no seminário "Transporte Marítimo: Tendências e Desafios", promovido pelo Ministério das Infraestruturas e Economia Marítima de Cabo Verde, com a participação de vários especialistas portugueses.

Para o também vice-presidente da Ordem dos Economistas de Portugal (OEP), Cabo Verde tem uma economia "controlada", é uma democracia, tem "unidade, consciência e credibilidade nacional e internacional, um povo "instruído", uma diáspora e ligações à Europa, via Euro, e sobretudo à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

As desvantagens, "ultrapassáveis", sublinhou António Mendonça, passam pelas faltas de "escala", em termos económicos, e de recursos naturais, é um arquipélago, com a insularidade inerente, e acessibilidades internas e internacionais "limitadas".

No entender de António Mendonça, a localização estratégica de Cabo Verde no meio do oceano Atlântico permite-lhe estar num "triângulo de oportunidades" - América, África e Europa -, fator que, na área do transporte marítimo e dos combustíveis, pode ser potenciado com uma aposta maior na CPLP e na Europa.

António Mendonça sublinhou que o caminho a percorrer por Cabo Verde terá de ter em conta que a descontinuidade geográfica dos Estados membros da CPLP permite também que a organização lusófona esteja presente nas principais rotas marítimas do comércio internacional.

Consolidado esse "mercado", sustentou, António Mendonça foi mais longe, ao defender uma aproximação lusófona aos países de língua castelhana que, juntos, perfazem já um mercado global de 800 a 900 milhões de pessoas.

"Aproximando a CPLP, consolidando a CPLP, porque não alargar as relações aos países hispânicos?", questionou o antigo governante português, salientando que, desta forma, seria possível inserir a comunidade lusófona, e os seus nove Estados membros, na economia global.

Na mesma linha de ideia, o presidente da ENDESA, Nuno Ribeiro da Silva, também presente no seminário, defendeu que as rotas marítimas do comércio internacional, sobretudo na dos hidrocarbonetos, podem constituir um "recurso natural" para Cabo Verde.

"Seis das 10 grandes jazidas petrolíferas descobertas nos últimos anos ocorreram em países lusófonos (Moçambique, Angola, Moçambique e Guiné Equatorial), pelo que Cabo Verde deve 'mergulhar' no mercado da CPLP, aproveitando as organizações sub-regionais africanas (CEDEAO, CEEAC ou SADC) e sul-americanas (Mercosul).

Além de António Mendonça e de Ribeiro da Silva, o seminário conta com a presença de outros especialistas portugueses, como João Carvalho, presidente do Instituto para a Mobilidade e Transportes (IMT), João Figueira e Sousa, docente da Universidade Nova, e Lídia Sequeira, antiga presidente do Porto de Sines.

Aníbal Santos, professor da Universidade Católica (Portugal), e os consultores Francisco Fonseca e André Fonseca são os restantes especialistas presentes no seminário, orientado pelo antigo secretário de Estado dos Transportes Carlos Correia da Fonseca.

JSD // PJA

Lusa/Fim

LUSA
29 de Junho de 2015, às 17:02
http://www.sapo.pt/

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum