Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Novembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
13 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 13 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Opinião – Economia azul

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Opinião – Economia azul

Mensagem por Admin em Sab Mar 22, 2014 12:22 pm


Fernando Serrasqueiro
Após as próximas eleições europeias seguem-se as legislativas, e, isso obriga, desde já, os partidos políticos e forças económicas e sociais a atualizar as suas estratégias e a construir programas integrados que se adequem aos tempos que percorremos e às potencialidades e recursos a explorar.


É necessário que a ambição de promover o crescimento e criar emprego encontre novas áreas com potencial para criação de riqueza e dar melhor aproveitamento aos recursos que possuímos, com características peculiares, para os colocar ao serviço de todos nós.


A economia azul é uma dessas áreas que até agora só tem tido abordagens parciais e desgarradas, não enquadrando todas as suas valências.


É urgente dotar o país duma orientação estratégica neste âmbito, em que Portugal tem um valor acrescentado, por ser detentor duma ampla faixa marítima rica e bem localizada.


É sabido, que as atividades económicas ligadas ao mar representam na UE mais de 5 milhões de empregos e poderão crescer rapidamente para 7, e que, o relacionalmente comercial neste espaço tem o mar como meio privilegiado.


Portugal tem de dar mais atenção a este sector porque pode ser uma alavanca robusta para criar postos de trabalho e explorar novos produtos sustentáveis e respeitadores do ambiente. O progresso tecnológico dá-nos, agora, instrumentos que permitem explorar recursos que o mar proporciona.


A lista das cadeias de valor é vasta e a todo o momento pode ser ampliada. A própria UE tem já estudos e dispõe de meios para apoiar este sector. Dessa lista estarão, certamente, a energia azul, aquicultura e pesca, turismo marítimo, costeiro e de cruzeiro, recursos minerais marítimos, biotecnologia azul, portos, construção e reparação naval.
 
 
As energias marinhas vão estar na ordem do dia, não só as eólicas em offshore, mas também as centrais mare motrizes, ondo motrizes e térmicas e por isso convém, em articulação com as universidades, não perder este processo.


A aquicultura já representa 25% do consumo e está a aumentar acima do crescimento da população mundial. Portugal é dos primeiros consumidores de peixe da UE, com elevadas importações. A UE, através do fundo europeu para assuntos marítimos e pescas, apoia estes investimentos, que podem partilhar o espaço com centrais eólicas ao largo.


No turismo os proveitos são significativos mas podemos melhorar na área dos cruzeiros.


O mundo subaquático encerra ainda aspetos desconhecidas que podem ser exploradas com apoio da investigação, designadamente, os organismos marinhos a aplicar em produtos de elevado valor, a par de minerais cuja exploração vai crescer. Muitos fármacos incorporam já desenvolvimentos da biotecnologia azul, com êxito assinalável nos antivirais, na luta contra o cancro, até na utilização de algas como fonte de biocombustíveis.


Os portos têm de ocupar um espaço com maior significado económico dada a posição estratégica que ocupamos e a possibilidade de Sines ser local de receção dos panamax, de grande porte, oriundos do canal do Panamá e ser ligação à Europa, por ferrovia e rodovia, complementados com unidades de reparação e construção naval.


O anterior governo teve o plano tecnológico como bandeira, o próximo poderá ter a economia azul.


22 Março, 2014 às 08:00

DIÁRIO DAS BEIRAS
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum