Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

Últimos assuntos
Galeria


Julho 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
12 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 12 Visitantes :: 2 Motores de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Caos, ordem urbana

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Caos, ordem urbana

Mensagem por Admin em Qui Dez 10, 2015 6:00 pm


Há uma percepção - maioritária Ocidental - cultura que grandes cidades dos países em desenvolvimento são caóticos e impossível de decifrar. Embora seja verdade que existem alguns com processo dinâmico e complexo e confuso, o que requer um estudo mais aprofundado para alcançar um maior grau de entendimento, a verdade é que os seres humanos tendem a descrever o inexplicável e o desconhecido tão caótico ou confuso, quando a maior parte do tempo simplesmente não compreender o que realmente acontece. Talvez o que acontece muitas vezes é esquecido que a ordem é uma condição necessária para tudo as construções mente humana e tem uma origem sensível.

O caos pode ser entendida como algo que existe em um estado indiferenciado, associado com o relatório, o impensável, o vazio e confuso. É a ausência de forma e também o ambiente onde ocorre a criação. Tem dentro de si estruturas profundas onde as áreas são simetria misturado com assimetria, abrangendo todas as escalas e magnitude, criando formas e sistemas complexos. Em certo sentido, o caos torna possível a fim de ser seu antecessor e parceiro, e não necessariamente o seu oposto.

A ordem e o caos estão interligados. Você pode pensar que o caos é o resultado de uma complexidade que pode ser condenada a despir-se às suas origens e, em paralelo, para encontrar em meio ao caos e irregularidades elementos que têm as suas próprias leis. Como observado por Wallace Stevens: "Uma ordem violenta é desordem. Uma grande desordem é ordem. Ambos são um. "A segunda lei da termodinâmica fala de entropia, o que poderia ser definido como" progresso para a destruição "ou" desordem inerente a um sistema. " Chance, destino, sorte e caos são os principais elementos de estudo de entropia. Nesse sentido, há também a entropia nas cidades.

Todas as cidades têm um grau de entropia e, por definição, são, em certa medida "cidades caóticas". As cidades ou territórios são sistemas complexos lugares dinâmicas e padrões, articuladas entre si, continuamente os processos de transformação, mas alcançar um certo equilíbrio, nenhuma é estática.

A cidade é inerente-mente caótico. É parte de sua essência, da sua disposição. É o jeito dele ou instinto natural de sobrevivência para os processos de transformação causadas por forças externas. O caos é o caminho para transformar a sua própria organização, a política ou estrutura urbana. Portanto, é irônico que insistir sequer conceber a partir da ordem, em busca de sua compreensão apenas através de leituras urbanas estruturada e sistematizada.

Em outras palavras, cidades ou centros urbanos, eles podem ser entendidos como propriedades de uma ordem diferente, criando um sub-sistema dentro do universo, sua própria ordem na desordem. O caos é o que define e dá identidade a cada um; É o que torna a experiência de algo diferente urbana, dando um valor diferente. Ao contrário de Londres para Bangkok, Buenos Aires Istambul para Cidade do México ou Nova York.

A crónica de media da Cidade do México está cheia de histórias que mostram a proliferação generalizada de divergências e conflitos. Desordem urbana e do caos é aparentemente identificável a olho nu. Alterações na qual deve ser o funcionamento "normal" do sistema são tão frequentes que se tornaram parte da rotina diária de seus habitantes. O cenário da doença metropolitana é tão grande e diversificada que parece que a cidade está fedendo colapso.

Para experimentar a vida urbana da Cidade do México, o carro enorme nó crescendo, as pessoas, cães, edifícios, ruas, bicicletas, transportes públicos, poluição e informalidade, a percepção de caos é inevitável e, apesar disso, a cidade Ela se move e mantém suas funções; há uma ordem por trás de nossa cidade "caótico". A aparente desordem que vemos não nos impede de viver na metrópole, apreciá-lo e quero vivê-la. Entre todos que reflete Cidade do México, pode-se ver que o caos, estranhamente, é um ritmo natural. Parece que todos os sistemas, redes ou peças desorganizadas, seguir uma ordem que só eles sabem. A cidade é resistente, mas também vulnerável. Está longe de ser perfeito ou cidade idílica, mas tem seu charme, difícil de perceber, uma vez que não é abertamente amigável.

Sempre visto como a realização de caos humano, em que o cidadão é apenas um elo fraco, a cidade chegou aos nossos dias coletando as várias fases que passou e fixou. A cidade é caótica porque é diferente, porque é complexa, porque é mutante, uma vez que é instável e agressivo, porque ela está viva e leva vida. Aldo Rossi menciona que "o processo dinâmico da cidade tende mais para a evolução da conservação".

Pode-se dizer que, falando das cidades, o caos é um tipo de ordem que permite a evolução da mesma, embora muitas vezes nós não podemos compreender.

por Monica Arzoz | marzozcanalizo
8 de dezembro de 2015
ARQUINE
www.arquine.com

A nota:

Podíamos em Portugal nos exemplos das principais cidades nas duas regiões metropolitanas de Portugal, no Algarve, na Madeira e no Centro do país.

A lista de algumas cidades tens o caos da ordem urbana em Portugal no sector de organizado território:


  • Lisboa;
  • Porto;
  • Almada;
  • Barreiro;
  • Setúbal;
  • Matosinhos;
  • Gaia;
  • Maia;
  • Braga;
  • Oeiras;
  • Loures;
  • Albufeira;
  • Portimão;
  • Faro;
  • Olhão;
  • Peniche;
  • Quarteira;
  • Funchal;
  • Vila Nova de Santo André;
  • Figueira da Foz;
  • Aveiro;
  • Coimbra;
  • Castelo Branco;
  • Viseu.


Em Espanha como um de Madrid, Sevilha, Barcelona e etc....

Na construção a nova área metropolitana de Sines será a eliminar o caos urbano para a ordem urbana e ambiental.

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16760
Pontos : 49157
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 30
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.criarforum.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum